A influência dos antepassados em nossas vidas

Grande núcleo – Helio Oiticica

Os registros do passado se manifestam em nossos sentimentos e emoções, através de atitudes e escolhas que fazemos e também nos conflitos que nos afligem.  Há uma conexão invisível que nos liga aos nossos pais, avós e outros antepassados, independente da presença física dos mesmos, agindo diretamente no aqui/agora, na realidade em que vivemos.

Os dons e talentos que despertamos ao longo da vida e a relação que estabelecemos com o trabalho e dinheiro também sofrem essa influência. Herdamos tanto força e sabedoria quanto marcas e traumas gerados pelos pensamentos, palavras e ações dos nossos antepassados, constituindo grande parte da formação da nossa estrutura psíquica.

Temos dentro de nós informações que se traduzem em predisposições para o nosso desenvolvimento, ou seja, potenciais, mas também limitações que determinam a forma como nos movemos no mundo. Por uma ação de uma cadeia interligada, os nossos filhos e descendentes receberão igualmente informações através de nós.

Carregamos mágoas e ressentimentos advindos de outrora? Não aceitamos determinados aspectos do nosso passado? Identificamo-nos com exclusões e outras situações que nossos antepassados vivenciaram? Repetimos padrões antigos em nossas vidas? Apresentamos doenças e fracassos semelhantes aos nossos ancestrais? Tudo isso pode estar sendo perpetuado sem nos darmos conta. Enfim, mesmo que de forma inconsciente, estamos conectados aos nossos sistemas e às questões não resolvidas em relação aos mesmos.

O primeiro passo para uma maior liberdade para agir no mundo é aceitar o nosso passado e as influências dele advindas. Assim, concluímos que o nosso bem-estar e qualidade de vida dependem da forma como nos relacionamos com o pretérito.

A Constelação Sistêmica Familiar é recomendada como técnica terapêutica que contribui na retomada da nossa liberdade de ação. O processo se dá através da liberação dos conteúdos que não sejam mais necessários; o desenvolvimento de um novo olhar diante do nosso passado; e, integração dos aspectos diversos da nossa personalidade.

Envolve uma profunda transformação interna, pois na verdade possibilita que nos libertemos dos condicionamentos e crenças limitantes que, até então, determinavam a maneira como nos movíamos no mundo, para que se estabeleça harmonia com o nosso passado. Como resultado, a compreensão, aceitação e acomodação mental/emocional levam ao agradecimento e honra aos antepassados.

4 comentários em “A influência dos antepassados em nossas vidas”

  1. Muito interessante, ja tinha oubido falar sobre constelacao familiar, tenho muita vontade de me aprofundar, pois tenho problemas complicados em todas as áreas e isso afeta todos a minha volta.

  2. Muito interessante essa prática da constelação … tenho ouvido muitos elogios e tenho certo interesse em conhecer como é

Responder a Heitor Rosa Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *